Conheça a história do pastel

Quem nunca teve vontade de provar um delicioso pastel, muitas vezes deixando o regime de lado e caindo em tentação? Na feira, em um bar ou até mesmo em um restaurante de primeira, a massa recheada com ingredientes diversos está lá, servindo de acompanhamento ou como uma prática opção de prato principal. 

Salgado ou doce, assado ou frito e com sabores variados, o pastel se tornou um legítimo exemplo da criatividade brasileira. A origem da receita, no entanto, não é das mais claras. 

Segundo o professor Ricardo Maranhão, da Universidade Anhembi Morumbi, coordenador do Centro de Pesquisas em Gastronomia Brasileira, o pastel tipicamente brasileiro, frito, é originário da Europa. “Na Idade Média, havia várias receitas de massas recheadas que eram levadas ao forno. A ideia de fritar o pastel surgiu na Península Ibérica, no fim desse período”, afirma.

No entanto, de acordo com Marcelo Angele, professor de gastronomia do Senac, o pastel é derivado do tradicional Rolinho Primavera da culinária chinesa e do gyosa japonês. “A introdução do pastel no Brasil se deu por meio de imigrantes chineses, que tiveram de se adaptar aos ingredientes disponíveis por aqui”, conta. 

Se foram os chineses os “criadores” da receita, então por que vemos tantos japoneses fritando pastéis em feiras e pastelarias em todo o país? O professor Angele explica: “Por conta da Segunda Guerra Mundial, os japoneses abriram pastelarias no intuito de se passarem por chineses, livrando-se, dessa forma, da discriminação que havia na época em razão da aliança entre alemães, italianos e japoneses, inimigos do Brasil no conflito”. 

Independentemente da origem, o pastel caiu no gosto do brasileiro. “O preço e a combinação de recheios agradam a todas as classes sociais. Nas feiras, a criatividade entrou em cena e hoje temos vários tipos, salgados ou doces. As inovações são muitas, passando por diversas formas, tamanhos e sabores”, conta o chef e consultor gastronômico do Bar BrahmaMoacyr Rodrigues. Alguns exemplos são o Pastel de Pulpo (com recheio de polvo e cream cheese), especialidade da Suri Cevicheria, o pastel de queijo brie, geleia de amora e pimenta do restaurante Tantra e os Irish Pastries (pastéis assados com recheio de carne e legumes), do All Black Irish Pub, ideal para quem prefere ficar longe das frituras. 

Segundo Moacyr, o segredo de um bom pastel é ter uma ótima massa, além de recheios e ingredientes de qualidade.

Venha apreciar nossos sabores em uma de nossas lojas, confira nossos endereços clique aqui.

f
onte: revista casa e jardim

Visit 8betting.co.uk 888sports Review